sexta-feira, 31 de maio de 2013

Almôndegas à minha moda

Assistir a vários programas de culinária tem seus prós e contras. Você coleciona dicas maravilhosas, aprende mais sobre comida, se sente motivada a preparar receitas diferentes, etc. Por outro lado, quando eu vejo alguma receita que me chama a atenção, quero prepará-la imediatamente! E a lista só tende a crescer, crescer...

Assistindo ao maravilhoso Ultimate Cookery Course do Gordon Ramsay, me senti inspirada para fazer estas almôndegas. Não é uma receita adaptada. Utilizei minha intuição  e conhecimentos adquiridos também nos programas de culinária. Mais um ponto pra eles!


Almôndegas à minha moda
Rende 12 porções

Ingredientes:
- 300 gramas de carne moída duas vezes (usei acém)
- 1/2 cebola ralada
- 1 dente de alho picadinho
- 3 colheres de sopa de bacon picadinho
- 1 ovo batido ligeiramente com um garfo
- 1/2 xícara de farelo de pão (usei pão integral)
- 3 colheres de sopa de salsinha picadinha 
- Queijo ralado a gosto (usei muçarela)
- Azeite, sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de preparo:
Pré-aqueça ao forno a 180C°. Em uma panela, frite o bacon até dourar. Não é necessário acrescentar óleo. Junte a cebola e quando estiver transparente, adicione o alho somente até ficar macio. Deite os temperos em um papel toalha para retirar o excesso de óleo. Reserve.

Em uma tigela, coloque a carne, tempere com sal e pimenta, junte os temperos fritos e os demais ingredientes com exceção do azeite. Misture até ficar homogêneo. Com as mãos molhadas, faça bolinhas do tamanho desejado (eu prefiro médias) e reserve.

Em uma frigideira, coloque um pouco de azeite e sele as almôndegas, ou seja, frite aproximadamente 1 minuto de cada lado, apenas para dourar - você pode pular esta etapa, mas as almôndegas não vão ficar com uma crosta crocante.

Cubra um refratário com molho de tomate  (receita abaixo) e deite as almôndegas. Cubra com queijo ralado e deixe no forno até que o queijo derreta e as almôndegas fiquem firmes - de 10 a 15 minutos.

Meu molho de tomate caseiro 

Ingredientes:
- 1/2 Kg de tomates com pele e sementes (retire-as se desejar)
- Sal, pimenta do reino moída na hora e azeite a gosto
- 1 pitada generosa de açúcar
- Manjericão ou tomilho a gosto
- 4 dentes de alho com casca

Modo de preparo
Pré-aqueça o forno a 200 C°. Lave os tomates e corte-os em 4 partes. Disponha-os em uma assadeira forrada com papel manteiga e tempere com sal, um fio de azeite e a pitada de açúcar. Adicione o tomilho ou o manjericão e os 4 dentes de alho - espalhe bem por toda a assadeira. Asse por 15 minutos, vire os tomates e asse por mais 15 minutos.

Retire os tomates da assadeira e espere esfriar. Descarte os temperos e liquidifique ou use  um mixer. Verifique e acerte o tempero caso necessário. Utilize como desejar.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Pizza pra quem tem pressa

Nigella, de novo. Porque eu estava com pressa, porque eu estava com vontade de comer pizza desde que comecei a dieta e porque eu perdi uma aposta. Feriado e eu faxinando a cozinha. Quem nunca? Dia chegando ao fim e eu cansada e com preguiça de cozinhar - às vezes acontece. Comecei a assistir a série Nigella Kitchen pela segunda vez há alguns dias e justo no episódio de hoje foi apresentada a receita da pizza mais fácil de todos os tempos - uma coincidência perfeita!

A Nigella explica que a base da pizza foi adaptada do famoso Yorkshire Pudding, que é uma especialidade inglesa, e isso explica o fato de a "massa" não ser tão crocante quanto a massa de uma pizza normal. Adaptada ou não, o fato é que a receita foi aprovadíssima e a aposta foi paga :) 


Pizza da Nigella
Adaptada daqui
Rende 4 porções

Ingredientes da base:
100 gramas de farinha de trigo
250ml de leite (usei integral)
1 ovo
50 gramas de queijo (usei muçarela)
Uma pitada de sal

Cobertura:
1 colher de sopa de extrato de tomate (ou polpa)
1/2 colher de sopa de água
1 colher de chá de manjericão desidratado
Cebola fatiada a gosto
Calabresa fatiada a gosto
Queijo muçarela ralado a gosto
Azeite a gosto

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 200 Cº.
Para a base: junte todos os ingredientes em uma tigela e misture até ficar homogêneo. Unte uma assadeira com manteiga, despeje a massa e leve ao forno até que as bordas comecem a dourar.

Para a cobertura: misture o extrato com a água, o manjericão e reserve. Fiz dessa maneira pois não tinha polpa de tomate. A ideia era utilizar pouco extrato mesmo, apenas para fazer uma fina camada entre a base e a cobertura.

Monte a pizza: passe uma fina camada do extrato/polpa na base, coloque a muçarela ralada, a calabresa e a cebola por cima.Regue com azeite e leve ao forno para que o queijo derreta - cerca de 5 minutos.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Estrogonofe de abobrinha - por uma dieta com menos consumo de carne animal

Desde que conheci este blog, estou diminuindo a quantidade de carne animal na minha dieta. Eu era carnívora assumida e pensava que deixar de comer quaisquer tipos de carne, mesmo que fosse apenas um dia da semana, seria um sacrifício muito grande - mas não é. Conseguir manter uma dieta saudável, cortar o açúcar, deixar de fumar ou beber, requer apenas força de vontade e esforço. 

Comecei aderindo a campanha Segunda sem Carne e hoje consigo facilmente não comer nenhum tipo de carne animal por 3 ou 4 dias na semana. Não estou me referindo somente à refeições veganas - também tento incluí-las no meu cardápio, mas também à refeições ovolactovegetarianas, onde há o consumo de ovos e laticínios.

Fiz esse prato para o almoço de hoje e me surpreendi com o sabor. Eu gosto do estrogonofe bem cremoso, mas se você preferir um creme menos consistente, utilize mais água. Se não gostar de abobrinha, pode substituí-la por berinjela - só diminua o tempo de cozimento.


Estrogonofe de abobrinha
Rende 2 porções

Ingredientes:
- 1 1/2 xícara de abobrinha com casca cortada em cubos
- Azeite, sal e pimenta do reino moída na hora a gosto
- 1/2 cebola pequena
- 1 colher de chá de extrato de tomate
- 1/2 xícara de água
- 1 colher de sopa de leite
- 1/2 colher de chá de amido de milho
- 100 gramas de creme de leite de caixinha

Modo de preparo
Doure a cebola com o azeite até ficar transparente. Junte a abobrinha, tempere com a pimenta do reino e o sal e refogue por alguns minutos, sempre em fogo baixo. Junte o extrato de tomate e a água e deixe apurar até a abobrinha ficar macia. 

Acrescente o creme de leite e o amido de milho misturado com o leite. Misture até ficar cremoso e sirva em seguida acompanhado de arroz branco ou integral e batata palha.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Vitamina de maçã turbinada

A utilização da chia está na moda - seja em óleo ou em semente, ela ajuda a eliminar as indesejadas gordurinhas. O preço mínimo do Kg é de R$80 e se consumirmos diariamente a porção indicada, que é de 4 colheres de sopa da semente ou 2 colheres de sopa do óleo, no fim do mês teremos um gasto relativamente alto. 

O que eu sempre faço é incluir na minha dieta diária não apenas a chia, mas também outras sementes, especiarias, oleaginosas e cereais. E a receita de hoje é um bom exemplo de como misturar diferentes tipos de alimentos.

Outros exemplos de uso: com iogurte, na salada, com cerais matinais, na salada de frutas, em sucos, na massa de tortas e biscoitos, etc.



Vitamina de maçã turbinada
Rende 1 copo

Ingredientes:
- 1 xícara (240ml) de leite (usei desnatado);
- 1/2 maçã média com casca e sem sementes cortada em cubos;
- 1 colher de sopa de mel;
- 1 colher de sopa de aveia;
- 1 colher de chá de chia;
- 1/2 colher de chá de canela.

Modo de preparo:
Junte todos os ingredientes e liquidifique (ou use um mixer). Beba em seguida.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Muffins de banana e chocolate da Nigella

Assim como eu, muitas pessoas se identificam com a querida Nigella porque além de ela não ser a  rainha da organização e ser preguiçosa, consegue fazer uma comida tão gostosa quanto parece ser. Ela mesma já confessou que não se considera uma chef, pois não tem técnica alguma para cozinhar. 

O assunto Nigella está rendendo pois ela visitou o Brasil recentemente e eu voltei a ler todos os livros dela que eu tenho - o que não é nada aconselhável para quem está de dieta. Também por isso ela é chamada de musa da porn food, mas eu prefiro o título de deusa doméstica :)

Nigella sempre foi minha cozinheira/apresentadora preferida. Já baixei todos os seus programas de culinária e não canso de ouvir sua voz aveludada e suas expressões criativas. Realmente foi uma lástima estar trabalhando e não ter podido ir nas noites de autógrafos dela aqui no Rio. Um das lições mais significantes que aprendi com ela foi sobre intuição na cozinha. E foi assim que fiz algumas substituições na sua receita de muffins de chocolate e banana, que ela apresentou no programa Mais Você.


Muffins de chocolate e banana
Rende 12 unidades
Adaptada daqui

Ingredientes:
- 2 bananas;
- 125ml de óleo de milho/canola/girassol;
- 2 ovos levemente batidos;
- 100 gramas de açúcar mascavo (peneirado);
- 225 gramas de farinha de trigo integral (peneirada);
- 3 colheres de sopa de achocolatado diet;
- 1 colher de chá de fermento em pó.

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 180C°.

Em uma tigela, misture a farinha, o achocolatado e o fermento. Reserve.


Em outra tigela, amasse as bananas, acrescente o óleo, os ovos e o açúcar e misture bem. Junte os secos e misture até ficar homogêneo.


Despeje 2 colheres de sopa da massa em forminhas de muffin/cupcake e leve ao forno por  15 a 20 min., ou até que ao enfiar um palito, este saia limpo.


Deixe esfriar um pouco na forma antes de transferir para uma grade/grelha de resfriamento.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Restaurante week parte I

Segundo o site oficial, a definição da Restaurante Week é:
O objetivo do evento é proporcionar aos cariocas a oportunidade de degustarem criações de alguns dos melhores restaurantes da cidade, a preços promocionais. Para isso, os pratos oferecidos na hora do almoço vão custar R$34,90 e no jantar, R$47,90 incluindo entrada + prato principal + sobremesa
Apesar do nome week (semana), o evento dura 2 semanas, inclusive sábados e domingos. As bebidas, o couvert e o serviço são pagos à parte. Aproveitei que trabalho no Centro do RJ e esta semana visitei 2 restaurantes. Abaixo uma breve avaliação do primeiro:

Foi a primeira vez que visitei o restaurante. Chegamos às 12h para evitar filas e fomos atendidas rapidamente. Eu escolhi a sopa de ervilhas com hortelã + arroz de alho poró com peixe crocante + verrine dois amores de sobremesa. Para beber, pedi um suco de manga. O serviço foi excelente e às 12:40 já tínhamos terminado a refeição. O restaurante encheu rapidamente pois o espaço não é muito grande e quando deixamos o local já havia uma grande fila de espera. 
Não fotografei os pratos, retirei as imagens abaixo do site oficial do evento (clique para aumentar).
O total com bebida e serviço foi de R$45,00.

A sopa não estava tão cremosa quanto eu gostaria, mas as ervilhas combinaram muito bem com a hortelã.
O arroz estava delicioso. Tempero e cremosidade na medida. A casquinha do peixe não estava crocante, mas o prefiro assim.                                          

A verrine estava perfeita. Os brigadeiros estavam cremosos e o coulis de morango bem azedinho, do jeito que eu gosto. O único problema é que a porção é pequena (mas tudo bem, estou de dieta) :P

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Creme de lentilhas e meu vício em programas de culinária

Sou completamente viciada em programas de culinária. Não me lembro como começou, mas quando percebi, o HD do meu notebook estava lotado - porque além de assistir nos canais de TV a cabo, baixo arquivos pela internet. 

Para que os arquivos não acumulem mais no HD, assisto todos os episódios do mesmo programa assim que termino de baixá-lo e anoto dicas e receitas que me interessaram - geralmente o faço à noite, depois que chego do trabalho ou nos fins de semana. Depois de assistir, gravo os arquivos em DVD e os deleto do HD.

Recentemente baixei todas as temporadas do French Food at Home da chef canadense Laura Calder. Comecei assistindo a 3ª temporada (porque terminou de baixar primeiro) e me identifiquei bastante com o 3º episódio - Thrifty (econômico). Neste episódio ela ensina receitas simples e deliciosas feitas com ingredientes baratos. Como não amar?

Eu me inspirei na receita do creme de lentilhas dela e criei a minha - estou de dieta e evitando embutidos e não tinha nenhuma cenoura em casa, por isso a substitui por um talo de salsão. O resultado foi aprovadíssimo.




Creme de lentilhas
Adaptado desta receita
Serve 2 pessoas 

Ingredientes:
- 1 xícara de lentilhas;
- 1 dente de alho pequeno sem casca;
- 1/2 cebola pequena cortada em cubos;
- 1/2 talo pequeno de salsão;
- 1 folha de louro;
- 1 pedaço pequeno de bacon;
- 2 xícaras de caldo de legumes (usei o caseiro);
Sal a gosto.

Modo de preparo:
Deixe as lentilhas de molho na água por no mínimo 20 min. Escorra a água e coloque as lentilhas, os temperos (exceto o sal), o bacon e o caldo de legumes em uma panela. Deixe ferver em fogo baixo. O caldo irá reduzir e as lentilhas vão ficar macias depois de 20 min. 

Retire as folhas de louro, o alho, o bacon e o salsão. Liquidifique (ou use um mixer) a mistura com 1/2 xícara de água (ou mais se desejar um creme menos espesso) e sal. Verifique o tempero. Retorne o creme para a panela apenas para aquecer. Sirva em seguida com pimenta do reino moída na hora.

Obs.: para a versão vegetariana, retire o bacon.

sábado, 18 de maio de 2013

Creme de abóbora e o post inaugural

Depois de alguns testes enfim criei um blog pra chamar de meu. Um blog simples, assim como a comida que será apresentada aqui. Inspirado por uma das minhas chefs preferidas, a Donna Hay, este espaço terá receitas caseiras práticas, econômicas e saudáveis. Estou reeducando a maneira de me alimentar e adaptando receitas para o meu novo estilo de vida. Os cremes, sopas e caldos se tornaram os meus queridinhos - são rápidos de fazer e muito nutritivos. 

A abóbora é um fruto rico em vitamina A, mas também fornece vitaminas do complexo B, cálcio e fósforo. Possui poucas calorias e é de fácil digestão. É um ingrediente versátil que não pode faltar na minha cozinha. Hoje a apresento em versão creme, mas pode ser usada para fazer muffins, purê, pães, bolos, refogados, saladas, etc. Ah, e suas sementes quando  lavadas e temperadas com sal e azeite e assadas em forno pré-aquecido, viram um delicioso aperitivo.



Creme de abóbora
Serve 2 pessoas

Ingredientes:
- 2 xícaras de abóbora sem casca cortada em cubos médios;
- Sal, azeite, sálvia ou tomilho e pimenta do reino a gosto;
- 2 dentes de alho com casca;
- 1/2 cebola pequena ralada;
- 1 colher de sopa de extrato de tomate;
- 1 colher de chá de açafrão/cúrcuma (opcional);
- 2 colheres de sopa de creme de leite sem soro (pode ser o fresco, usei o de caixinha);
- 2 xícaras de caldo de legumes (usei o caseiro.

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 180C°.Em uma assadeira forrada com papel vegetal, despeje os cubos de abóbora, adicione o alho, tempere com a sálvia ou tomilho, sal, pimenta do reino e regue com o azeite. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 20 min., ou até que a abóbora esteja macia.

Refogue o azeite e a cebola até ficar transparente. Junte o açafrão e misture um pouco mais. Adicione os cubos de abóbora e o extrato de tomate e misture amassando a abóbora. Não amasse muito.Junte o caldo de legumes, misture e deixe ferver em fogo baixo.

Liquidifique (ou use um mixer) a mistura e retorne-a para a panela. Adicione o creme de leite até obter a consistência desejada.Sirva quente com croutons e pimenta do reino moída na hora.

Observações:
Eu utilizo uma assadeira forrada com papel manteiga pra facilitar a limpeza e quando estou com preguiça, asso a abóbora com casca e a retiro depois;Não tinha tomilho nem sálvia, usei salsinha desidratada.

Fonte das informações sobre a abóbora.